Diretoria da Aprosoja/MG toma posse em Uberaba

07 Fevereiro 2018 08:00:00

Foto: Rúbio Marra

Por Marcelo Lemos

Lideranças do agronegócio se reuniram na tarde de ontem (6), em Uberaba, para participar da solenidade de posse da primeira diretoria da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Minas Gerais (Aprosoja/MG) durante o triênio 2018/2020. O produtor rural Wesley Barbosa de Freitas, de Capinópolis, é presidente da nova entidade. Entre os presentes no evento, estavam o presidente da Aprosoja Brasil, Marcos da Rosa; o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Uberaba, Romeu Borges; o prefeito de Uberaba, Paulo Piau; além de representantes de outras entidades. 

A Aprosoja/MG é a 15ª associada estadual da Aprosoja Brasil e a segunda da região Sudeste. A criação da associação dará continuidade ao processo de fortalecimento institucional da principal entidade dos sojicultores, que representa 96% de toda a área plantada no Brasil. "A soja é a principal commodity exportada e é a faixa que gera o maior PIB [Produto Interno Bruto]. Então, nós precisamos de uma organização própria da soja, até porque, dos 13,5% utilizados na superfície do Brasil com grãos, 7,6%, a metade, é com soja. É por isso que nós precisamos de uma organização maior e diferente para poder buscar renda", destaca o presidente da Aprosoja Brasil, Marcos da Rosa.

Para Wesley Barbosa, empossado como presidente da entidade no estado, a união fortalece o setor. "A gente está aí empenhado com mais essa nova associação. Nós sabemos da responsabilidade. É algo de grande importância, não é fácil. Muitas vezes, se formos sozinhos, jamais conseguiremos. Mas com a união da classe produtora de soja nós teremos uma entidade forte e representativa para o setor no nosso estado", afirma. Ele diz que a criação da Aprosoja/MG foi uma ideia abraçada pelo presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Uberaba, Romeu Borges, por isso nada mais justo a cidade ter sido escolhida como sede da posse da diretoria.

Romeu Borges destacou que a soja é uma das principais atividades de Minas Gerais e do Brasil na agricultura e que a criação da Aprosoja/MG fará com que os produtores de grãos do estado tenham uma maior representatividade. "Nós temos a Federação da Agricultura e os Sindicatos Rurais. Mas uma associação específica de um determinado setor impulsiona mais os interesses daquele segmento. Essa é a importância: ter mais uma entidade que fortalece a economia da nossa região. Só assim nós vamos ter força para poder mostrar o que é o agronegócio para o resto do país. O agronegócio é a mola propulsora do Brasil", acrescenta.